Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Música, Livros
MSN -



Histórico


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     UOL - O melhor conteúdo
     BOL - E-mail grátis
     Luz verdadeira
     Sindrome de Estocolmo


     
    Confissões de uma Gravidez


    Sim, sou mãe solteira!!!

    O que é ser mãe solteira

     

    Quando engravidei e percebi que iria me tornar uma mãe solteira, comecei a procurar informações sobre o que era, verdadeiramente uma mãe solteira. Eu imaginava dois tipos de mães solteiras: o primeiro tipo eram mulheres jovens, desmioladas, que transavam irresponsavelmente sem camisinha com um namoradinho qualquer, eram mal-vistas pela sociedade e até mesmo por mim, saíam de casa escurraçadas pelos pais e seus filhos se tornavam uns rebeldes sem causa. O segundo tipo englobava mulheres independentes, com vida construída, que simplesmente queriam um”touro reprodutor”para gerar um filho pois não tinham a menor vontade de construir uma vida junto com “seres inferiores”.

     

    Então, um belo dia, me vi grávida!!! Meu sonho tinha se tornado realidade pelo menos em parte. Sempre sonhei em ser mãe, mas também sempre sonhei em ser mãe com o meu príncipe encantado do lado!..rs...Quando eu estava casada e decidi ter um filho, imaginava que lindo seria, eu, casada, jovem com 22 anos, meu maridão do lado, minha profissão em pleno crescimento... que maravilha, pensei! Então, o tempo passou, o meu príncipe encantado já estava quase totalmente sem encanto, decidi então me separar, eu tinha uma vida toda pela frente e não iria continuar casada por mero comodismo! Passou mais um tempo e então engravidei do meu atual ex-namorado. Quando dei por mim, esse meu namorado sumiu e então eu me vi uma grávida solteira!!!

     

    Logo eu, bonita (desculpem a modéstia mas não sou nem um pouco de se jogar fora), profissionalmente estável, bem financeiramente, grávida e sozinha... O que é que tinha acontecido comigo, pensei. No começo foi bem difícil, não sabia como seria minha vida, não sabia como eu educaria minha filha sem a figura masculina, não sabia nem como me comportar!!! O que diriam de mim? Uma grávida solteira? O que é que eu responderia quando me perguntassem do pai????

     

    Demorou uns 5 meses para eu aceitar a minha condição!!!! Procurei informações de tudo quanto é tipo, com amigos, conhecidos, orkut, MSN, bate papo... tudo!!!

     

    Mãe solteira!!! A minha ficha caiu quando minha filha começou a se mexer dentro de mim!!! Percebi que nunca mais eu estaria sozinha!!!! Teria sempre alguém para amar e alguém que me amasse também!!!!  

     

    Todos os meus complexos tinham ido por água abaixo. Vi mulheres guerreiras, que apesar das histórias de cada uma delas, todas estavam aí, firmes e fortes!!! Vi mulheres que defendiam os direitos de suas crias com unhas e dentes. Vi mulheres corajosas, que continuavam a aproveitar as suas vidas da melhor maneira possível!!!

     

    Sim, eu seria mais uma dessas mulheres, sim eu seria e hoje eu sou uma dessas mulheres que não estão nem aí com o preconceito da sociedade, que exibem com orgulho seus filhotes e que não deixam nenhuma pessoa intrometer em suas vidas.

     

    Sim, hoje eu sou uma mulher bem melhor do que eu era antes pois eu descobri o que é sentir plenamente um amor, um amor incondicional e eterno!!! Sim, hoje sou uma mãe solteira orgulhosa, orgulhosa de tudo o que passei que me transformou na pessoa que sou hoje!!!!



    Escrito por grávida às 15h19
    [] [envie esta mensagem] []




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]